Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
02.04.2018 • Tributos

Com redução da pauta fiscal, preço dos combustíveis deve recuar a partir dessa semana

combustiveis

Campo Grande (MS) -  A pauta dos combustíveis registra redução de até 3,47% nos preços médios praticados pelo mercado. A informação foi publicada no Diário Oficial da União e faz parte de ato da Comissão Técnica Permanente (Cotepe) do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). A expectativa é que a redução chegue até a bomba de combustíveis e, consequentemente, ao consumidor. 

De acordo com o relatório, o preço do litro da gasolina comum, referência no mercado estadual, deve ficar 0,75% mais barato, passando de R$ 4,2219 para R$ 4,1904. Para o óleo diesel, a queda estimada é de 0,67% e o litro do combustível sai de R$ 3,7330 para R$ 3,7076. A exceção à regra é o etanol, para o qual a expectativa é de aumento: o litro do derivado de cana deve ficar 0,82% mais caro, saindo de R$ 3,4309 para R$ 3,4589. 

A gasolina aditivada também terá redução no valor de referência, passando de R$ 5,6364 para R$ 5,6027 (-0,60%). Para o diesel S-10, o percentual de queda é de 0,70% e o valor vai de R$ 3,8602 para R$ 3,8331. O maior percentual de queda projetado é para a querosene de aviação, que deve passar de R$ 2,7905 para R$ 2,6935. O documento aponta que o gás liquefeito de petróleo, o gás de cozinha, deve ficar 2,1% mais barato, saindo de R$ 5,5760 para R$ 5,4558. Para o gás natural veicular (GNV), não houve reajuste no valor de referência.