Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
16.10.2020 • Economia

Exportação industrial em MS chega a US$ 2,8 bilhões

celulose

Campo Grande (MS) – A exportação industrial de Mato Grosso do Sul já soma receita de US$ 2,8 bilhões no ano, totalizando uma alta de 6% entre janeiro e setembro, em comparação com o mesmo período de 2019, que registrava US$2,771 bilhões, conforme o levantamento dado pelo Radar Industrial da Fiems.

Avaliando apenas o mês de setembro, houve um aumento de 23% em comparação ao mesmo mês do ano passado, indo de US$ 295,4 milhões para US$ 364,7 milhões.

O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, ressaltou que o setor industrial correspondeu a 62% de toda receita de exportação do Estado. 

“Na prática, esse foi o melhor resultado para o acumulado de janeiro a setembro da série histórica das exportações de produtos industriais de Mato Grosso do Sul”.

Os grupos de celulose e papel, e complexo frigorífico continuam sendo responsáveis por 73% da receita de exportações, do setor industrial no Estado.

Somente o primeiro grupo, alcançou US$ 1,322 bilhão, uma queda de 13% em relação ao mesmo período em 2019. China — US$ 780,3 milhões, Estados Unidos — US$ 149,8 milhões, e Itália — US$ 92,3 milhões, seguem como principais compradores.

Na área de Complexo Frigorífico, a receita entre janeiro a setembro, totalizou US$783,28 milhões, um aumento de 5% se comparado ao mesmo período do ano passado. Os principais compradores foram Hong Kong — US$142,6 milhões, China — US$ 124,4 milhões e Chile — US$85,7 milhões.

No grupo “Óleos Vegetais”, a receita no mesmo período, obteve um aumento de 139% em relação a 2019. Tendo como principais compradores a Holanda — US$ 75,6 milhões, Tailândia — US$55,6 milhões e a Indonésia com US$46,8 milhões.

 

Fonte: Correio do Estado

 

 
What do you want to do ?
New mail