Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
04.05.2018 • Economia

Exportações em MS crescem mais que o dobro da média nacional

celulose

Campo Grande (MS) - Comparado as exportações nacionais, a celulose de Mato Grosso do Sul obteve mais que o dobro do crescimento. A média nacional foi de 20,3% contra 74,5% no estado. A União Europeia aumentou as compras nacionais em 32,7% e um dos itens adquiridos foi a celulose. A informação foi divulgada pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) na quinta-feira (3).

Os os números das exportações em Mato Grosso do Sul, referentes ao mês de abril, apresentam cenário positivo com 9% de crescimento em relação ao mesmo período do ano passado. Dentre os produtos com melhor performance está o grupo da celulose, que em relação a 2017 obteve um crescimento de 74,5% nas vendas externas. Outros destaques vão para os seguintes itens: milho, farelo de soja e minério de ferro.

Entre os principais clientes estão: 1º) China (US$ 5,781 bilhões), 2º) Estados Unidos (US$ 2,303 bilhões), 3º) Argentina (US$ 1,667 bilhão), 4º) Países Baixos (US$ 731 milhões) e 5º) Chile (US$ 560 milhões). Reunindo todos os produtos comercializados no Estado, o valor nos quatro primeiros meses de 2018 foi de US$ 1.728.583.503, enquanto que no ano passado chegou a  US$ 1.584.153.794. Ainda assim, o índice crescimento foi inferior a 2017 que registrou no mesmo período 14,7% de crescimento.

Já o cenário nacional obteve no acumulado de 2018, o valor de US$ 74,299 bilhões. Sobre 2017, as exportações registraram crescimento de 7,7%, pela média diária. Com isso, o saldo comercial acumulou um superátivit de US$ 20,090 bilhões, índice 6% menor do que no igual período do ano passado.

Entre os principais clientes estão: 1º) China (US$ 5,781 bilhões), 2º) Estados Unidos (US$ 2,303 bilhões), 3º) Argentina (US$ 1,667 bilhão), 4º) Países Baixos (US$ 731 milhões) e 5º) Chile (US$ 560 milhões).