Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
10.09.2018 • Economia

Exportações no Estado cresceram 22% entre janeiro e agosto

soja_10_09

Campo Grande (MS) – Levantamento do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior aponta que, de janeiro a agosto de 2018, as exportações cresceram 22% em Mato Grosso do Sul. O valor atingiu US$ 3,9 milhões, sendo que as importações também tiveram aumento de 15% no período. 

Os dados constam na Carta de Conjuntura elaborada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). O levantamento indica que a balança comercial do estado acumula saldo de US$ 2,207 milhões - resultado 28% a mais que o mesmo período de 2017. 

O produto mais exportado no estado foi a soja. Representou 39,32% do total em oito meses. O comparativo aponta salto de 277,74% em relação ao ano passado. 

Na sequencia aparece a celulose com aumento de 104% em um ano e uma representatividade de 31% da balança comercial sul-matogrossense. 

Por outro lado, houve redução significativa nas exportações de produtos como carne de aves (-23,9%), açúcar (-71%), milho (-58%) e o ferro-gusa (-46%), são os principais produtos com redução significativa nas exportações de 2018 comparadas a 2017. Enquanto que os óleos e gorduras vegetais e animais aumentaram em 89% as vendas a outros países neste ano e o minério de ferro em 33%. 

O gás natural continua sendo o principal produto das importações no estado. Em oito meses, as importações do produto tiveram aumento de 35% em relação a 2017. 

Há concentração nas exportações para a China, que representam cerca de 51% do valor total. A Argentina aparece na segunda posição, com salto de 47% no último ano, devido a demanda pelos grãos de todo o estado.