Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
16.08.2018 • Governo-MS

Gás eleva repasse de ICMS para Campo Grande em R$ 18 milhões

gas_16_08

Campo Grande (MS) – O aumento na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o gás natural, por parte do Estado, permitiu que a Prefeitura de Campo Grande tivesse crescimento de 61,6%, ou mais de R$ 18 milhões, apenas no repasse do tributo em julho. O valor transferido saltou de R$ 29,2 milhões, em junho, para R$ 47,3 milhões, em julho, segundo dados do Portal da Transparência. De janeiro a julho, o montante saltou 14,1%, passando de R$ 228,5 milhões para R$ 260,8 milhões. 

“O valor está dentro do esperado. Não está aquela maravilha, porque a economia está andando de lado. Houve um aumento no repasse do ICMS, o que foi muito positivo. Por que isso está acontecendo? Por conta da volta do gás. No mês passado, o governo do Estado arrecadou mais de R$ 50 milhões com o gás, dos quais 25% são repartidos para os municípios, e isso surpreendeu positivamente, então salvou um pouco a lavoura no mês passado”, destacou o secretário de Finanças do município, Pedro Pedrossian Neto, durante evento de entrega de prêmios do IPTU na Central de Atendimento ao Cidadão, com a presença do prefeito Marcos Trad (PSD). 

Ele esclareceu que a seca no Sudeste reduziu o volume de água nos reservatórios de hidrelétricas no País e obrigou o governo a acionar as termelétricas. “Então isso ativa o bombeamento do Gasbol, e Campo Grande é beneficiada. No mês passado, foi melhor a arrecadação por conta do ICMS e do Fundeb também”, esclareceu.