Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
27.03.2018 • Governo-MS

Mato Grosso do Sul vai sediar em abril a 63ª reunião do GDFAZ

esau

É a primeira vez que o estado recebe o encontro de gestores nacionais

Campo Grande (MS) – A 63ª edição da Reunião do Grupo de Desenvolvimento do Servidor Fazendário (GDFAZ) será realizada no Mato Grosso do Sul. Essa é a primeira vez que o estado recebe o encontro de gestores nacionais que está marcado para os dias 05 e 06 de abril e será realizado no Grand Park Hotel, em Campo Grande. Na ocasião, o grupo vai discutir ações de aprimoramento e fortalecimento do papel estratégico da gestão de pessoas nas unidades federadas.

O coordenador do evento, auditor fiscal da Receita Estadual Esaú Rodrigues de Aguiar Neto, explica que o GDFAZ é um grupo temático do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) – o qual MS possui assento - e trabalha especificamente para o desenvolvimento dos servidores fazendários. Todos os estados estão convidados a participar com seus representantes, geralmente da área de recursos humanos ou da capacitação fazendária.

“A reunião consiste em desenvolver produtos que sejam disponibilizados para outras secretarias na área de recursos humanos, como planejamento estratégico de pessoas dimensionamento de força de trabalho, preparação para  a aposentadoria, qualidade de vida no trabalho, entre outros. É um grupo multidisciplinar, com servidores da área de recursos humanos e de escolas fazendárias. O grupo é um canal importante entre os estados no momento em que vamos construir uma mudança de cultura dentro da administração pública”, pontua.

Para Esaú a mudança do clima organizacional é um tema bastante relevante, a partir do momento em que o conceito do RH da Fazenda se encontra burocrático e cartorial. Ele avalia que é preciso implantar uma área que pense o desenvolvimento do servidor e consiga traçar e planejar ações de uma maneira vinculada ao planejamento estratégico da Sefaz.

“Em poucas palavras podemos dizer que a gestão do conhecimento é a mudança do conceito de como tratar esse conhecimento dentro da organização, a partir do momento em que ele é um ativo, um bem ou direito e que é preciso enxergá-lo dessa maneira. Vamos lapidar esse recurso da organização preparando as unidades, quer seja para chegada de novos servidores, planejando a movimentação, tornando o conhecimento explícito, disseminado e bem gerido”, afirma.

Discussões

Além do debate em torno da capacitação de pessoas, haverá ainda a troca de experiências por meio do Jornal Falado. O espaço é dedicado aos servidores para que façam um breve relato das ações que estão ocorrendo em seus respectivos estados.  Outro ponto importante será a aprovação do planejamento estratégico para o biênio 2018/2019 das ações do GDFAZ, que ocorre no primeiro dia de encontro. Haverá ainda  os trabalhos dos subgrupos do GDFAZ, que são: Capacitação a Distância, Garimpo de Soluções e Registros do GDFAZ, GDFAZ Virtual e Indicadores de Gestão de Pessoas. As equipes que trabalham na elaboração dos manuais digitais e outros produtos terão espaço para suas reuniões e apresentação dos seus trabalhos na tarde do segundo dia.

 

Clique aqui e confira a agenda completa do evento.