Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
04.06.2018 • Febrafite

Prêmio Nacional de Educação Fiscal segue com inscrições abertas

premio_para_educa_c_eo_a

Campo Grande (MS) – Seguem abertas as inscrições para o Prêmio Nacional de Educação Fiscal. Podem participar escolas instituições e profissionais de imprensa. Ao todo serão distribuídos R$ 43 mil em prêmios. O objetivo é valorizar as melhores práticas de educação fiscal que atuam sobre a importância social dos tributos e sua correta aplicação.

A premiação foi criada em 2012 pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Tributária (Esaf) e o com o Programa Nacional de Educação Fiscal (Pnef).

Para o Secretário de Fazenda de Mato Grosso do Sul, Guaraci Fontana, a iniciativa promove a cultura sobre a importância social dos tributos. “O tributo é o principal elemento de promoção das políticas públicas. Por meio dele o Estado presta um serviço à sociedade, retornando o valor dos impostos em serviços. A busca pela integridade das receitas públicas é trabalho constante do fisco e o engajamento e participação social vem no sentido de fazer com que o pagamento de impostos seja mais que uma determinação legal, mas visto como um processo para a redução das desigualdades sociais no Brasil”, pontua.

O coordenador-geral do prêmio e primeiro vice-presidente da Febrafite, Rodrigo Spada, avalia que a iniciativa é a prova de que nós, cidadãos comuns, podemos fazer a diferença. “A educação fiscal promove o pleno exercício da democracia e nesse sentido, o prêmio é capaz de dar visibilidade a projetos que trabalham o tributo como sendo o principal elemento de promoção das políticas públicas”.

Inscrições

Os interessados podem se inscrever até o dia até 13 de junho, pelo site. As inscrições para a categoria profissionais de imprensa podem ser feitas até o dia 28 de setembro, prazo máximo para veiculação na mídia das reportagens inscritas. Todas as orientações estão no regulamento da edição.

A edição 2018 terá sete vencedores: 3 na categoria Escolas, 2 na categoria Instituições e 2 na categoria Profissionais de Imprensa. Os coordenadores dos projetos vencedores das categorias Escolas e Instituições receberão a premiação de R$ 1 mil reais, como incentivo e reconhecimento.  Ao todo, serão R$ 43 mil reais em premiação.

A premiação conta como o patrocínio do Banco de Brasília – BRB e o apoio da Receita Federal do Brasil (RFB); do Centro Interamericano de Administração Tributária (Ciat); do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID); do Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais (Encat); do Sindifisco Nacional; da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp); do Conselho Federal da Ordem dos Advogados (OAB); da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip); da Federação Nacional de Auditores e Fiscais de Tributos Municipais (Fenafim); do Fórum Nacional de Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate); do Correio Braziliense e do site Congresso em Foco.