Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
05.06.2018 • Sindifisco

Sindifisco-MS participa de evento internacional sobre tributos em SP

ronaldo_capa_5_6

Campo Grande (MS) – Representando os auditores fiscais da receita Estadual de MS, o presidente do Sindifisco-MS, Ronaldo Vielmo, participa em São Paulo da 1º edição do FIT (Fórum Internacional Tributário). Durante o encontro, especialistas debatem as melhores práticas tributárias de diversos países do mundo. 

Representantes do fisco e especialistas em tributos e economia de quatro continentes estão montando um panorama geral da situação brasileira e fazendo o contraponto com exemplos internacionais. Nomes de peso, como o economista irlandês Marc Morgan, trarão experiências e ajudarão a apontar caminhos que possam tornar nosso sistema mais justo. Entre os assuntos que serão tratados estão: o sistema tributário europeu e dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), a experiência da América Latina, evasão, paraísos fiscais e meio ambiente. 

Para o presidente da Anfip, Floriano Sá Neto, o Fórum é importante para confirmar a tese de que um sistema tributário mais justo fomenta a economia como um todo. “A experiência internacional nos mostra que estamos na contramão do que é praticado em países mais desenvolvidos. No Brasil temos um sistema regressivo com carga excessiva sobre o consumo. Com a mudança certa na calibragem tributária podemos ter resultados significativos no crescimento da economia”, conta. 

Na avaliação do presidente do Sindifisco-MS, o atual sistema tributário penaliza a população mais carente. “Nosso sistema é muito bom para isentar a renda dos ricos e muito perverso para tributar o pobre. A proposta da Reforma Tributária Solidária é justamente para diminuir a carga tributária de quem ganha menos. Não dá para viver em um país taxando muito quem não consegue sequer consumir os bens necessários para sobrevivência, enquanto um percentual extremamente ínfimo da população praticamente não paga tributo”. 

O presidente da Fenafisco, Charles Alcântara, reforçou que o trabalho é baseado em exemplos de países onde o sistema tributário é mais justo e fomenta o desenvolvimento. “Por isso, promovemos o Fórum Internacional Tributário, uma iniciativa que traz um amplo debate e promove a troca de experiência entre renomados especialistas que representam 11 países de realidades econômicas diversas. Tenho certeza que com a troca de experiências nós só temos a ganhar”, finaliza.   

O FIT está sendo realizado em São Paulo. Teve início no dia 4 de junho e segue até o dia 6.