Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
30.08.2018 • Governo-MS

Servidores do fisco vão a SP para otimizar auditorias contábeis no MS

esau_e_daniel_sp

Campo Grande (MS) – Com foco em otimizar a gestão sul-mato-grossense, servidores do fisco estadual participaram entre os dias 27 e 29 de agosto, em São Paulo, do curso Trilhas de Aprendizagem em Auditoria Contábil. Ao lado de dezenas de auditores de diversas partes do país, o grupo debateu técnicas para o desenvolvimento das competências necessárias com vistas a aprimorar a realização desse tipo de inspeção na administração pública.

De acordo com o coordenador da Unidade de Capacitação do Núcleo Especial de Modernização da Administração de MS, auditor fiscal da Receita Estadual Esaú Rodrigues de Aguiar Neto, foram 46 auditores inscritos, com o objetivo de trocar experiências e disseminar conhecimento. Além de Esaú, o auditor fiscal da Receita de MS, Daniel Gaspar, também participou da capacitação.

“As trilhas são caminhos que sustentam a aquisição do conhecimento pelo servidor para a realização de uma auditoria contábil eficiente e alinhada à estratégia organizacional. Um conjunto organizado e integrado de soluções, que permitem planejar caminhos para o aperfeiçoamento das competências dos auditores fiscais na administração pública como um todo”, pontuou Esaú.

O encontro foi promovido pelo Grupo de Desenvolvimento do Servidor Fazendário (GDFAZ), em parceria com o Comitê dos Secretários de Estado da Fazenda (Comsefaz) e Encontro Nacional dos Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais (Encat).

Gdfaz

O Gdfaz é uma rede de colaboração que funciona de forma contínua, mediante a articulação dos representantes das unidades de gestão de pessoas das Secretarias de Fazenda, com compartilhamento de informações, apresentação de experiências exitosas, discussão de problemas e apresentação de soluções.

O grupo tem como finalidade socializar experiências, discutir tendências na área de gestão de pessoas buscando soluções comuns, funcionando como uma espécie de consultoria na área de gestão de pessoas, focada no segmento fazendário.

No intervalo dos encontros, a rede se mantém atuante, de portas abertas para realização de pesquisas, esclarecimento de dúvidas, garimpando soluções para problemas comuns, realizando visitas técnicas entre os estados, quando necessário, tudo com foco em fortalecer e aprimorar a gestão de pessoas das Administrações Fazendárias.